logo

Acipa e Sine participam de reunião com prefeito de Porto Nacional para reforçar demanda de extensão do Sine para Luzimangues

publicado em:17/06/21 9:49 PM por: ascomacipa Notícias

A participação da Associação Comercial de Palmas (Acipa) e do Sine Tocantins foi organizada pelo vereador de Luzimangues, Soares Filho. Em reunião, o presidente da Acipa, Joseph Madeira, e o diretor do Sine, José Alberto (Gordo) dialogaram com o prefeito de Porto Nacional, Ronivon Maciel, sobre a necessidade de organizar as demandas de formação profissional, disposição de vagas e demanda do comércio local por mão de obra qualificada. Também estiveram presentes o subprefeito de Luzimangues, Nick Lauder, e o vereador Pim Júnior.

Para Madeira, o trabalho articulado entre as representações deve resultar em um avanço conjunto, contribuindo com o desenvolvimento econômico e social de Palmas e Luzimangues. “As duas localidades se relacionam de maneira muito próxima. O avanço de Luzimangues beneficia Palmas e vice-versa. A geração de empregos alimenta o comércio e a organização dessa demanda justifica o apoio dado pela Acipa neste momento, temos total interesse em contribuir com ações como esta”, pontua o presidente.

Governo Municipalista – O prefeito de Porto, Ronivon Maciel, destacou a preocupação do Governo do Tocantins em atuar de forma ampla, levando políticas de Estado para todos os municípios. Segundo ele, “para nós é uma satisfação receber essa atenção do Governo do Estado, de uma forma muito especial em Luzimangues, que cada vez mais se efetiva no formato de uma cidade. Entre os objetivos dessa pauta, esteve a extensão do Sine de Porto Nacional para o distrito, uma ação que com certeza vai somar para o distrito, que tem se desenvolvido bastante”, avalia.

Sine Tocantins – De acordo com o Diretor do Sine, José Alberto (Gordo), na avaliação do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Tocantins saiu da 14ª posição e já pontua entre o 6º e o 3º lugar. A evolução da diretoria se apresenta como uma boa perspectiva para a extensão do atendimento em Luzimangues. “Hoje nós estamos entre o 6º e o 3º lugar de quem mais empregou no país, proporcionalmente, e isso segundo o Caged, o que pra gente é motivo de satisfação. A boa relação com os empregadores e os cidadãos que estão à procura de emprego é um dos motivos para o alcance desse resultado”, apresenta.





Comentários



Adicionar Comentário




sete − 2 =