Notícias
Sexta-Feira, 27 de outubro de 2017, às 11h:11min.
Quase 80% dos palmenses acreditam que está mais difícil comprar a prazo
Além de medir a expectativa, a pesquisa Intenção de Consumo das Famílias trata da visão dos consumidores sobre os meios disponíveis para compras. Na apuração de outubro, o item que mede a situação atual do crédito mostrou que 78,6% dos entrevistados afirmaram estar mais difícil comprar a prazo, se comparado ao mesmo período do ano passado.

A pesquisa é realizada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins. O índice do item “Situação Atual do Crédito” marcou 37 pontos, em uma escala de zero a 200. Se comparado ao mês de setembro, o resultado atual é quase 18% menor.

Outro índice que chama a atenção em outubro trata do emprego atual: o item cresceu 1,4% na comparação mensal, marcando 154,5 pontos. Na entrevista, 68,4% dos palmenses afirmaram que se sentem mais seguros no trabalho atualmente, que no ano de 2016.

Ainda sobre o âmbito do emprego, 35,8% dos entrevistados afirmaram que acreditam ter melhorias profissionais nos próximos meses. Em relação à renda mensal, 46,5% dos entrevistados avaliaram a renda atual positivamente em relação à do mesmo período do ano anterior.

O índice geral da pesquisa ficou em 87,5 pontos, quase 1% menor que o resultado de setembro (88,2 pontos) e 3,3% maior que o de outubro de 2016 (84,7 pontos). O indicador varia entre zero e 200 pontos, sendo que abaixo de 100 representa insatisfação e acima de 100, resultado satisfatório em relação ao consumo das famílias.

Consumo

Entre os entrevistados, 44,4% acreditam que o consumo de suas famílias e da população em geral será menor nos próximos seis meses, em relação ao mesmo período do ano passado; 64,3% apontaram que estão comprando menos e 55,7% afirmaram que este não é um bom momento para compra de bens duráveis.

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) é um indicador que mede a avaliação feita pelos consumidores sobre aspectos importantes da condição de vida de sua família, tais como a sua capacidade de consumo, atual e de curto prazo, nível de renda doméstico, segurança no emprego e qualidade de consumo, presente e futuro.
 
Fonte: Fecomércio Tocantins
Últimas Notícias